10 razões sem rodeios pelas quais as mulheres deixam os homens que amam

Por que alguém deixaria alguém que ama?

Isso é algo que muitas pessoas lutam para entender. Alguns até se recusam a acreditar que é possível.

Mas seja deixando para trás um relacionamento ou uma família inteira, um lar e uma vida compartilhada, algumas mulheres decidem deixar os homens que amam.





Vejamos 10 das razões mais comuns pelas quais as mulheres podem fazer isso.

1. Há falta de interesse.

Um dos maiores problemas que qualquer relacionamento, incluindo o casamento, pode enfrentar é um declínio no interesse com o tempo.



Isso é algo que pode acontecer por vários motivos, mas raramente é uma perda de amor.

Todos nós temos vidas muito ocupadas, sejam nossos empregos, filhos ou hobbies. Estar ocupado significa que muitas vezes temos que priorizar o que estamos fazendo e onde gastamos a maior parte de nossa energia e tempo.

Muitos de nós tomamos nossos relacionamentos como garantidos de algumas maneiras.



Não é que não nos importemos, é apenas que sentimos que nosso parceiro sempre estará lá e temos alguma liberdade para fazer outras coisas, com a certeza de que nosso relacionamento é uma constante em nossas vidas.

Assumir que nossos relacionamentos vão bem pode nos levar a investir mais tempo e esforço em outras áreas da vida, fazendo com que negligenciemos aquele que amamos.

As mulheres podem ir embora porque seu parceiro está investindo esse tempo e esforço em outro lugar e elas se sentem solitárias e negligenciadas.

Ou podem ser aqueles que perceberam que, embora amem o parceiro, também gostam de fazer outras coisas.

Alguns relacionamentos chegam a um ponto de ruptura em que cada pessoa tem que decidir o que é mais importante para ela - seu parceiro ou ela mesma, quase.

Quando nos interessamos em passar tempo com outras pessoas, ter nossos próprios hobbies e viver mais uma vida independente, nossos parceiros podem sentir que os estamos deixando para trás.

Isso é o que muitas vezes leva as mulheres a deixarem os homens que amam - seja qual for o lado da batalha em que estejam, seja o negligenciado ou o recém-aventureiro.

2. Seu marido se desviou.

Trair é um fator importante no rompimento de relacionamentos.

Pode ser que ainda haja muito amor mútuo entre você e seu parceiro, mas isso não torna as coisas mais fáceis quando seu parceiro foi infiel.

Ficar com alguém que te traiu pode ser impossível para algumas pessoas e incrivelmente difícil para outras.

É difícil saber como se sentir às vezes, embora você saiba que os ama no fundo. Os sentimentos de traição e vergonha podem ser quase mais difíceis de superar do que o próprio ato.

Depois, há todas as perguntas que você inevitavelmente tem: foi apenas uma vez, ele a ama, foi melhor - e por quê ?!

Você também deve estar questionando a estabilidade de seu relacionamento, visto que alguém de quem você gosta acabou de ir contra o princípio básico de um relacionamento saudável e exclusivo.

como saber se você gosta de um menino

Isso é totalmente normal, mas pode levar a você deixar o homem que ama, já que ninguém quer ter um relacionamento instável.

3. O amor está lá, mas a atração se foi.

É muito difícil tentar explicar para alguém que nunca passou por isso, mas pode ser uma das principais razões pelas quais uma mulher decide deixar um homem que afirma amar.

É absolutamente possível amar alguém sem necessariamente ainda estar atraído por ela!

Isso pode acontecer com o tempo e geralmente é um processo lento.

Pode ser que eles simplesmente não sejam a pessoa por quem você se apaixonou inicialmente. A vida muda a todos nós, e alguns de nós mudam em ritmos diferentes ou de maneiras completamente diferentes para nossos parceiros.

Pode ser que seu namorado tenha sido incrivelmente gentil e educado quando você se conheceu e se apaixonou, mas agora é um pouco mais rude e tem modos piores.

Pode ser complicado saber como lidar com esse tipo de situação porque você ainda ama eles em sua essência, mas as partes que você achou realmente atraentes apenas desapareceram.

Da mesma forma, vocês podem ter se reunido quando eram incrivelmente esportivos e saudáveis ​​e se adaptaram a uma clássica rotina de casais de preguiça comendo comida para viagem!

Claro, sua aparência e quanto você pesa não determinam o seu valor, mas o princípio por trás dessa mudança pode causar uma mudança em quão atraentes você e seu parceiro podem se achar.

Vocês podem ter se amado por causa do quanto ambos gostavam de ir à academia e fazer longas corridas juntos.

O fato de que isso acabou e seu parceiro está um pouco mais preguiçoso ou até mesmo menos ativo pode torná-los menos atraentes com base em sua personalidade, mais do que em seu peso!

De qualquer forma, as mulheres que consideram seus parceiros menos atraentes podem desempenhar um grande papel no fato de elas se afastarem dos homens que amam.

4. O relacionamento se torna co-dependente.

Os relacionamentos podem rapidamente se transformar em parcerias co-dependentes, que são prejudiciais à saúde e potencialmente tóxicas.

Algumas mulheres acham que isso é motivo suficiente para ir embora.

Alguns percebem que são eles que dependem de seu parceiro, enquanto outros percebem que é o parceiro que os está pressionando.

Se você percebeu que, como mulher no relacionamento, está colocando uma pressão extra sobre seu parceiro para se envolver em tudo o que você faz, isso pode fazer você querer sair.

sinais que o marido não te ama

É horrível perceber de repente que você é ‘carente’ ou ‘pegajoso’ e que pode até ter problemas de controle relacionados ao seu parceiro.

Você pode acabar percebendo que tem ciúmes demais das amizades deles ou espera que eles passem mais tempo com você - tudo A Hora.

Esta é uma percepção muito ruim e pode levá-lo a encerrar o relacionamento para salvar vocês dois.

Você não quer continuar sendo essa pessoa ou desempenhar esse papel, e quer ter algum tempo para si mesmo, sendo solteiro, a fim de voltar a se validar para que não precise desse apoio constante de seu parceiro.

Você também pode perceber que ama seu namorado ou marido demais para colocá-los no estresse de estar no relacionamento co-dependente que evoluiu.

É clichê, mas é tão verdade - se você ama alguém, deixe-o ir. Às vezes é melhor que todos se afastem, mesmo que você os ame, e se impedir de machucá-los ainda mais.

Da mesma forma, você pode ter percebido que seu parceiro é quem se tornou mais dependente de você com o tempo.

Esta é uma situação tão difícil de lidar, pois você deseja apoiar, mas você deve encontrar um equilíbrio entre cuidado e autocuidado!

Muitas mulheres abandonam o homem que amam porque simplesmente não conseguem lidar com o fato de alguém ser tão dependente delas.

O relacionamento ideal da maioria das pessoas envolve algum tipo de equilíbrio - vocês dois gostam de passar tempo juntos, mas também apreciam e respeitam o fato de cada um ter sua própria vida para viver.

Quando esse equilíbrio se desequilibra, em qualquer direção, as coisas podem piorar rapidamente.

5. Problemas de confiança.

Agora, este é realmente complicado, mas também é incrivelmente comum.

A confiança é um dos aspectos mais importantes de um relacionamento e provavelmente o mais crucial para fazê-lo funcionar.

Todos nós queremos ser capazes de confiar em nossos parceiros, mas o que acontece quando não podemos ou não podemos?

A falta de confiança pode realmente atrapalhar muitas das outras grandes partes de estar com alguém - compatibilidade, atração, compreensão e diversão.

Você pode estar no relacionamento dos sonhos se puder verificar todas essas coisas em uma lista, mas sem confiança, não há base real para o seu acasalamento.

Pode ser que você não confie neles com dinheiro e se preocupe com suas finanças, estejam eles jogando ou simplesmente gastando dinheiro que não têm.

Pode ser algo mais emocional - eles podem ter feito comentários ofensivos para você que tornam difícil para você baixar a guarda, eles podem até ter te traído no passado.

Seja o que for, muitas mulheres terminam relacionamentos porque simplesmente não podem confiar no homem com quem estão.

Este é um motivo tão triste para o fim de uma parceria, mas normalmente é a abordagem mais saudável e madura e salvará ambas as pessoas de muita chateação, raiva e sofrimento no futuro.

Você também pode gostar (o artigo continua abaixo):

6. Um declínio na intimidade.

Um declínio na intimidade pode ser muito mais sério do que pode parecer à primeira vista.

Reitor Ambrose vai deixar wwe

Não é só que você quer ficar de mãos dadas o tempo todo com alguém que só quer dar as mãos as vezes, é que a proximidade entre vocês dois desapareceu.

A falta de intimidade pode parecer o fim do seu relacionamento de algumas maneiras, como se você estivesse sendo rejeitado, quase, por uma falta de ações que demonstrem afeto.

Não é necessário ou patético querer alguma intimidade física, e o toque (e sexo) é uma grande parte de um relacionamento saudável para a maioria dos casais.

Se a quantidade de toques e o tempo gasto em proximidade diminuíram, é claro que haverá alguns alarmes soando em sua mente.

As mulheres muitas vezes começam a se preocupar se essa mudança de hábitos é resultado de algo que estão fazendo (por exemplo, irritar o parceiro de alguma forma), algo que o parceiro está fazendo (por exemplo, traindo outra pessoa) ou algo que mudou em si mesmas (por exemplo, ganhando um pouco de peso).

Todas essas são respostas muito naturais, mas vão deixar a mulher se perguntando o que está acontecendo.

Quanto mais tempo dura, mais problemático se torna. Você pode começar a sentir que não pode se aproximar de seu parceiro para um abraço ou pode se sentir estranho ao iniciar o sexo.

Você não sabe como eles vão responder e já está preocupado que seja devido a uma grande quantidade de razões, incluindo as listadas acima, então pare de tentar.

Quanto mais você para de tentar, menos provável elas são para começar tentando e você é pego em um círculo vicioso.

Esse círculo pode então destruir sua autoconfiança e, mesmo que ame seu namorado ou marido, você irá embora para se salvar.

7. Diferenças irreconciliáveis.

‘Tudo que você precisa é amor’, cantaram os Beatles ... mas quantos de nós realmente acreditam nisso?

É um ótimo pensamento e é uma ideia que carrega um relacionamento por um curto período de tempo. Vocês podem passar por conhecer as famílias uns dos outros e morar juntos na base de que se amam e isso é o suficiente.

Mas o que acontece quando você começa a ter conversas reais sobre coisas reais?

Em algum momento, um de vocês provavelmente levantará a questão dos filhos, do casamento ou da mudança para o exterior em busca de uma oportunidade de trabalho.

É neste ponto que amor de repente não é mais suficiente .

Você pode estar fisicamente e intelectualmente compatível e apaixonado, mas se um de vocês está inflexível de que eles nunca querem se casar e o outro quer muito, você tem um problema.

Isso se aplica a outras diferenças que não vão mudar - uma diferença na religião, por exemplo, pode parecer algo para 'pensar mais tarde' até que uma de suas expectativas de seu relacionamento mude.

Pode ser que você não goste do envolvimento de seu namorado com a família devido à religião ou cultura, seu parceiro pode se ressentir de sua fé e de quanto tempo leva.

Essas são coisas que dificilmente mudarão e, às vezes, as mulheres deixam os homens que amam porque não há um futuro real com elas.

8. Falta de apreciação.

Todos nós já vimos filmes suficientes sobre separações para saber que muitas mulheres deixam seus parceiros porque não se sentem mais apreciadas.

Freqüentemente, isso se deve a uma combinação dos motivos acima, mas ainda é um problema por si só.

As mulheres, tanto no estereótipo quanto na realidade, fazem muito quando se trata de criar os filhos e cuidar da casa.

Claro, existem relacionamentos muito equilibrados em que o homem fica em casa enquanto a mulher trabalha, existem relacionamentos em que a mulher fica perfeitamente feliz em ficar em casa e existem situações que funcionam para todo tipo de casal que não existe para ser julgado .

Dito isso, um dos principais motivos pelos quais as mulheres vão embora é o fato de não se sentirem valorizadas por tudo o que fazem.

Pode ser muito fácil aceitar nossos parceiros como garantidos e não reconhecer o quanto eles fazem por nós e em nossas vidas.

Por exemplo, as mães que ficam em casa podem descobrir que passam o dia em casa com seu novo bebê, de alguma forma conseguindo arrumar a casa e fazer as compras de comida ...

... o parceiro chega em casa a tempo de o bebê dormir e passa a noite reclamando que isso tomou muito do seu tempo importante e agora eles não podem terminar o trabalho / assistir TV / ir a um bar de esportes com os amigos.

Sim, é muito estereotipado e de gênero, mas a vida real também é - dê uma olhada nos fóruns online para mães e você verá muitos posts sobre como elas se sentem desvalorizadas por tudo o que fazem.

9. Há muita pressão.

Essa é complicada e vai na direção oposta do estereótipo de gênero que mencionamos acima - gostamos de ser justos!

Supõe-se que se algum pai vai embora, geralmente é o homem.

Claro, isso não é tão verdade hoje quanto no passado, mas ainda há uma porcentagem muito alta de relacionamentos que terminam devido à saída do homem.

Portanto, pode ser uma surpresa que algumas mulheres abandonem seus parceiros e famílias. O que não irá surpreendê-lo é que o raciocínio deles muitas vezes é o mesmo dos homens ...

A pressão de ser mãe e esposa / parceira pode às vezes ser demais para qualquer pessoa.

Novamente, este é um sentimento natural, especialmente para quem tem filhos muito pequenos. Há muito o que fazer, estar ciente e prestar atenção, e nosso mundo focado na imagem e obcecado pelas mídias sociais nos faz sentir que temos que ser perfeitos o tempo todo.

Temos que ter crianças lindas vestidas com roupas combinando, que se sentam em silêncio enquanto vamos ao cabeleireiro / spa / salão de manicure regularmente, a fim de ficarmos sempre bem cuidadas e glamorosas.

O jantar tem que estar na mesa (com uma vela e um pouco de vinho) para a chegada de nosso parceiro em casa.

Há também pressões voltadas para a carreira sobre as mulheres e o desejo de estar no topo de nossos jogos.

Para algumas mulheres, há tudo dessas pressões sobre eles.

Não é de se admirar que a vida possa ficar muito opressora, o que muitas vezes leva as mulheres a abandonarem os homens que amam porque não conseguem lidar com o estresse de suas vidas (compartilhadas).

10. Desgosto passado.

Embora todos nós entendamos a importância do aqui e agora, às vezes é difícil não pensar no passado.

Uma das principais razões pelas quais as mulheres deixam seus parceiros é devido a um histórico de desgosto ou relacionamentos doentios.

Isso geralmente se deve ao medo de que as coisas se repitam com seus novos parceiros.

Pode ser que seu parceiro anterior tenha sido terrível com eles e os tenha tratado mal.

Pode ser que reconheçam que podem se tornar rancorosos nos relacionamentos e queiram evitar se tornar essa pessoa novamente.

Pode ser devido a um rompimento ruim ou a uma trágica história de amor que terminou horrivelmente.

o que fazer quando você se sentir entediado

De qualquer forma, muitas mulheres carregam sua bagagem emocional um pouco mais perto de seus corações do que a maioria dos homens.

Isso significa que as mulheres são mais propensas do que os homens a desistir por medo de ficar com o coração partido.

Eles estão com medo de ficar, pois não querem ser feridos emocionalmente e chateados, eles não querem se sentir traídos pelo homem que amam.