Revisitando a bomba de tubo: a história do CM Punk

>

C.M Punk está tendo uma temporada desastrosa no UFC no momento. A carreira de Punk no UFC é indiscutível, considerando sua recente luta contra Mike Jackson, considerada uma das piores lutas da história do UFC. Antes de mudar para o UFC, C.M Punk trabalhou para a WWE como um lutador profissional e tem se apresentado para a indústria desde 2005. A saída de Punk da WWE foi uma grande surpresa para todos, mas foi muito controverso do que o que apareceu na tela da televisão. O que é popularmente conhecido como Pipebomb, C.M. Punk culpou a WWE de beijar o traseiro, trair e favorecer lutadores selecionados em seu elenco da WWE.

Conferência de imprensa WWE SummerSlam

WWE SummerSlam: CM Punk

aj styles vs dean ambrose tlc

C.M Punk que é considerado um dos melhores wrestlers da história da WWE tornou-se um nome familiar, após a Pipebomb ele largou em um episódio de RAW. C.M Punk criticou abertamente o presidente Vince Mcmahon, COO Triple H e outros lutadores lendários como The Rock e John Cena.





O problema

C.M Punk mostrou repetidamente o seu desconforto contra a WWE e ao contrário de outros lutadores do passado, como Stone Cold Steve Austin e The Rock que criticaram abertamente a família Mcmahon, o ressentimento de Punk era original e não fazia parte de uma história. C.M Punk se lista como um dos campeões da WWE com 434 dias de mandato mais longo.



Sobre

CM Punk como campeão da WWE

C.M Punk, durante sua disputa pelo título, reclamou de ser desconsiderado e não ter recebido o empurrão que merecia. Vamos dar uma olhada no Pipebomb antes de voltar ao problema que C.M Punk enfrentou em sua época na WWE, algo que ele acreditava ser enfrentado por todos os outros lutadores da WWE. (exceto alguns)

Diz-se que Vince Mcmahon deu a C.M Punk a oportunidade de falar o que pensava e preparar sua própria promo (cada palavra na promo de um lutador é examinada pela equipe de criação, aprovada e depois autorizada a ser entregue no ringue). Enquanto fazia isso, C.M Punk interferiu na luta de John Cena contra R Truth e pôde ser visto vestindo o microfone para fazer provavelmente a melhor promoção da história da WWE.



O pipebomb

C.M Punk quebrou a quarta parede durante seu discurso e continuou a ignorar Vince McMahon em entrevistas futuras. Depois do pipebomb, C.M Punk alcançou novos patamares em sua carreira.

Ent

CM Punk em sua melhor forma

Em um enredo mais intrigante, Punk anunciou ao público da WWE que seu contrato iria expirar em julho e que ele teria a oportunidade de deixar a WWE como campeão em sua cidade natal, Chicago. Nas semanas que se seguiram, C.M Punk deixou a WWE como um campeão em meio à multidão de Chicago como parte de um enredo. Embora estivesse claro que Vince estendeu o contrato de Punk, o que provou ser uma virada de jogo para C.M Punk, tornando-o um dos lutadores mais bem pagos, mas a relação entre Punk e WWE só se deteriorou com o tempo.

Aposentadoria

No que foi um começo promissor para Punk de 36 anos, sua saída da WWE não foi uma aposentadoria feliz para o lutador. C.M Punk jurou que nunca mais voltaria ao wrestling e entrevistas subsequentes após a saída de Punk da WWE, sinalizando que Punk ainda não tinha perdoado McMahon ao rejeitar o pedido de desculpas de McMahon no show de Steve Austin e chamou isso de golpe publicitário.

quando um homem te chama de linda
Insira uma legenda

CM Punk e suas incríveis habilidades no microfone

C.M Punk não apareceu em nenhum programa da WWE após o Royal Rumble de 2014, onde foi eliminado pelo já eliminado Kane. C.M Punk não apareceu depois disso, McMahon expressou seu pesar por não ter dado a Punk um bom último show.

Embora C.M Punk ainda seja o favorito de muitos, sua participação no UFC não tem impressionado nada. Se um dia, Punk pensar em fazer um retorno no ringue, McMahon já expressou seu desejo de trabalhar com Punk novamente.