5 lutadoras femininas que conquistaram títulos masculinos

>

As mulheres têm sido um esteio na luta livre profissional por décadas a fio. O título feminino da WWE existe há 65 anos, apesar de ter seu quinhão de altos e baixos. A primeira WrestleMania em 1985 viu Wendi Richter derrotando Leilani Kai para ganhar o título feminino. Várias outras promoções, como a Impact Wrestling, contribuíram para transformar a divisão feminina em um grande negócio.

A história do wrestling profissional tem visto uma longa série de campeãs femininas, incluindo grandes nomes de todos os tempos, como The Fabulous Moolah, Trish Stratus e Chyna. Mas também houve casos em que as mulheres acabaram ganhando o cinturão do título masculino. Na apresentação de slides a seguir, daremos uma olhada em 5 estrelas femininas em várias promoções, que ganharam títulos masculinos.

empreendedor vs brock lesnar 2015

# 5 Chyna

Chyna

Chyna



Apelidada como a nona maravilha do mundo, Chyna fez seu caminho para a WWE no início de 1997 e formou uma aliança com Triple H. Logo depois, Chyna tornou-se uma parte significativa da notória facção chamada D-Generation X, formada por Triple H e Shawn Michaels. Em 1999, Chyna entrou na luta Royal Rumble em No.30, tornando-se a primeira atleta feminina a competir no free-for-all anual. Mais tarde naquele ano, Chyna entrou em uma rivalidade com Jeff Jarrett pelo título Intercontinental.

lidando com pessoas sem limites

A dupla se enfrentou no WWE Unforgiven 1999. No WWE No Mercy, Chyna derrotou Jarret em uma luta Good Housekeeping para ganhar o título Intercontinental. Ela se tornou a primeira mulher a alcançar esse feito, e é a única Superstar feminina na história a ganhar o cobiçado cinturão. Chyna teve uma rivalidade com Chris Jericho pelo cinturão recém-conquistado, e o derrotou no Survivor Series. Seu reinado terminou no Armagedom de 1999, onde Jericho a derrotou para ganhar o cinturão. Após sua vitória, Jericho foi confrontado por Chyna nos bastidores, que apertou sua mão em sinal de respeito.

quinze PRÓXIMO