Exclusivo: Zakk Wylde em 'Pride And Glory,' The Ultimate Warrior e 'Papa' Chris Jericho

>

Antes de existir a Black Label Society, existia o Pride & Glory. Conhecido na época como um projeto paralelo de Zakk Wylde - durante seu tempo livre como guitarrista principal de Ozzy Osbourne - Pride & Glory e seu álbum de estreia autointitulado levaria ao que 'Berzerkers' mundialmente agora conhecido como Black Label Society. Pride & Glory foi o primeiro projeto autônomo de Wylde, antes de lançar seu primeiro álbum solo, Livro de Sombras, em 1996.

25 anos depois, o álbum autointitulado Pride & Glory de 1994 está agora disponível como um disco de imagens. A reedição também contém cinco novas faixas bônus por meio de um cartão de download, incluindo 'The Wizard' (capa do Black Sabbath), 'Torn And Tattered', 'In My Time of Dyin' '(capa do Led Zeppelin),' The Hammer & The Nail, 'e' Come Together '(capa dos Beatles).

Ao falar com Zakk Wylde por telefone em 23 de outubro de 2019, como Wylde é regularmente citado em entrevistas pelo atual campeão do AEW Chris Jericho, consegui responder a algumas questões relacionadas a esportes e luta livre para o nativo de Nova Jersey. Essas questões foram transcritas abaixo, exclusivamente para Sportskeeda , enquanto o áudio completo será ouvido em uma edição futura do a Paltrocast com Darren Paltrowitz podcast .





Se os rumores forem verdadeiros de que ele é um grande fã de The Ultimate Warrior:

Zakk Wylde: Sim, totalmente, cara.



Sobre se ele está bem com a divulgação, ele é um grande fã do Ultimate Warrior, como vazou Chris Jericho em um podcast recente:

Zakk Wylde: Sim, sem dúvida, cara. Ame o Guerreiro. Mas quero dizer, Papa Jericho ... E eu também sou um Jerichoholic. (risos)

Sobre se ele faria uma música tema para uma estrela do AEW como Chris Jericho:



Zakk Wylde: Sim, sem dúvida. Se o padre Chris me perguntasse, tipo 'Ei Zakky, preciso que você escreva alguns riffs ou algo assim'. Sim, porque não?

Sobre se ele gosta de algum esporte além de luta livre:

Zakk Wylde: Sim, sou um grande fã de beisebol. Eu amo os Yankees [de Nova York] e assisto aos amados Dodgers [de Los Angeles] da minha filha, então podemos estar infelizes e assistir à Série Mundial. Eu ainda assisto mesmo que meu time não esteja nele, entende o que quero dizer? Só porque sou fã do esporte.